MANCHETE
print this page
OUTRAS NOTÍCIAS

Professores da UFCG marcam data de paralisação e já falam em greve geral

Professores da UFCG vão parar no dia 11Os professores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) informaram nessa quinta (21) que vão paralisar as atividades em 11 de agosto. A data marca o Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública e a paralisação, segundo os professores, faz parte da construção de uma greve geral. Eles protestam contra o governo interino de Michel Temer (PMDB). A decisão foi tomada em assembleia simultânea que ocorreu em Campina Grande, Sumé e Cuité.

De acordo com a Associação dos Docentes da UFCG (Adufcg), as decisões da assembleia estão alinhadas com as deliberações do recente 61º Conselho das Associações Docentes (Conad) do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior (Andes), realizado de 30 de junho a 3 de julho deste ano, em Boa Vista (RR).

Com a aprovação da paralisação em agosto, os professores também criaram uma comissão de mobilização que vai preparar uma jornada de debates, nos três turnos, sobre os impactos das iniciativas do governo interino na educação e professores, envolvendo também os trabalhadores da educação estadual e municipal. A primeira reunião da comissão ocorrerá nesta segunda-feira (25), a partir das 17h, no auditório da Adufcg.

Na pauta de discussões, os professores também tratam sobre a campanha salarial da UEPB e sobre o lançamento e atividades da Frente Nacional Contra o Projeto Escola sem Partido.

A UFCG tem cerca de 17 mil alunos que estudam nos 96 cursos de graduação oferecidos nos campi de Campina Grande, Sumé, Cuité, Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras.

Fonte: Portal Correio

Manoel Júnior anuncia oficialmente desistência da candidatura e apoio a Cartaxo

manoel júniorO deputado Manoel Júnior anunciou oficialmente, em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (22), que vai abrir mão da corrida pela prefeitura da capital paraibana.

Ele ressaltou os diálogos durante a pré-campanha nas áreas da saúde, educação, mobilidade, planejamento, afirmou que agiu sempre com transparência e parceria com Zé Maranhão.

Conversas com Maranhão e com Temer levaram a decisão de que apesar da importância de manter a candidatura do PMDB em uma capital, não é o momento de uma disputa eleitoral própria. A legenda então abriu diálogo com outros partidos.

O parlamentar afirmou que o governador Ricardo Coutinho (PSB) é o principal adversário do PMDB e anunciou apoio à reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Fonte: Polêmica PB

Suspeito por terrorismo, preso na Paraíba é levado para presídio do MS

Preso embarcando no aeroporto Castro Pinto - Imagem: reprodução TV Cabo BrancoA Polícia Federal informou nesta sexta-feira (22) que os dez presos da Operação Hashtag, dentre eles o detido na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa, foram levados para o presídio federal de Campo Grande. A unidade é de segurança máxima e recebe presos de alta periculosidade. Os presos são suspeitos, segundo o Ministério da Justiça, de terem realizado “atos preparatórios” visando ações terroristas.

As prisões, realizadas a 15 dias da olimpíada, foram as primeiras no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que atua no Oriente Médio, mas tem cometido atentados em várias partes do mundo.

Segundo o ministério, alguns dos investigados na operação chegaram a fazer um juramento virtual ao grupo, no qual repetiam palavras de uma gravação, mas não tiveram contato com membros do Estado Islâmico. Para as autoridades brasileiras, os presos são uma “célula absolutamente amadora” e sem “nenhum preparo”.

O governo brasileiro não divulgou o nome dos presos. O G1 confirmou o nome de três deles: . Levi Ribeiro de Jesus, preso no Paraná; Vitor Magalhães, preso em São Paulo; e Oziris Moris Lundi dos Santos Azevedo, preso no Amazonas.

Outras três pessoas foram presas no estado de São Paulo. As restantes foram presas no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, no Ceará e na Paraíba.

Outras duas pessoas têm mandado de prisão, mas ainda não foram detidas pela polícia. Na quinta (21),  o governo informou que já rastreia esses suspeitos e deve prendê-los “em breve”.

Além das prisões, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em dez estados – São Paulo (8); Goiás (2); Amazonas (2); Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Minas Gerais e Mato Grosso (um em cada). Houve ainda duas conduções coercitivas, em São Paulo e Minas Gerais.

Fonte: MaisPB com G1

MENSAGEM DE ANIVERSÁRIO DE JOEDNA PARA SEU ESPOSO EDINHO

Neste dia tão especial estou aqui não apenas para te desejar um feliz aniversário, mas também para dizer o quanto você é especial em minha vida.

Que Deus guie sempre seus caminhos por onde você passar. Sonhos e metas foram feitos para ser alcançados e você alcançará tudo que almeja porque é uma pessoa forte e determinada.

Desejo muita paz, alegria, sorte e sucesso para você sempre! Feliz aniversário! Te amo

JOEDNA

Procurador João Raphael fala sobre investigação de suposto desvio de verba na realização do São João de Patos. Ouça

Após a ocupação da Polícia Federal na Prefeitura de Patos na manhã desta quinta-feira, dia 21, em virtude de uma investigação comandada pelo Ministério Público Federal da Paraíba, o procurador João Raphael foi abordado pela imprensa para falar sobre a ação. 

Segundo ele, a ação foi de cunho civil, sem a necessidade de mandado de prisão. 

“Trata-se de uma investigação civil ligada a uma suposta improbidade administrativa. As decisões são de busca e apreensão e algumas oitivas deferidas pela 14ª vara federal. 

João Raphael informou que os pedidos foram baseados no encontro fortuito de irregularidades, ou seja, quando se encontra algo através da investigação direcionada para outra coisa. 

Vale ressaltar que os áudios que motivaram a investigação não são alvo da investigação desumanidade, mas se referem às provas que vieram de maneira fortuita. As possíveis irregularidades possuem ligação com a suposta licitação direcionada para a empresa Área Badalada, que realizou as últimas três edições do São João de Patos. 

Sobre as quantias que podem ter sido desviadas, o procurador não soube precisar em números. 

Mais detalhes na entrevista que segue:
Fonte: Patos Online

São João de Patos, na Paraíba, é alvo de investigação por irregularidades

Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta quinta-feira (21) na sede da prefeitura de Patos, no Sertão paraibano, e no prédio da empresa Área Badalada Eventos, que promove o São João na cidade. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o objetivo da ação é coletar provas de esquema ilícito montado na execução da festa nos anos de 2014 , 2015 e 2016.

O G1 entrou em contato, por telefone, com a Secretaria de Comunicação de Patos e com o sócio da Área Badalada Eventos, Wescley Barbosa, para saber o posicionamento deles a respeito das buscas, mas as ligações não foram atendidas até as 7h50.

Vão ser ouvidos na sede do MPF em Patos a chefe de gabinete da prefeitura de Patos, Illana Araújo Motta, filha da prefeita Francisca Motta, Wescley Barbosa e mais três pessoas envolvidas no suposto esquema de enriquecimento ilícito.

Ainda conforme o MPF, ligações interceptadas mostram que Ilanna de Araújo Motta executou e participou das irregularidades no ano de 2015, incluindo repasse de recursos provenientes de patrocinadores para uma integrante da comissão de organização do São João de Patos.

As investigações apontam, segundo o MPF, fortes indícios que a prefeitura contratou a empresa por meio de uma licitação direcionada para conseguir recursos de patrocínio para custear o evento. Os valores arrecadados teriam sido apropriados, enriquecendo os investigados.

São João de Patos
Uma das maiores da Paraíba, a festa junina em Patos é realizada por uma parceria público-privada desde 2013. Conforme informações da Secretaria de Comunicação, a prefeitura investe R$ 200 mil com estrutura e logística e licita a produção para uma empresa privada, que tem o direito de vender camarotes e captar patrocinadores.
 
Fonte: G1PB

Produção de amendoim na Paraíba espera safra de 698 t, com renda de até R$ 2,7 mi

Safra deve produzir 698 toneladas de amendoimAgricultores familiares iniciaram a colheita do amendoim na região de Itabaiana, no Agreste da Paraíba, a 70 km de João Pessoa. A cultura contempla uma área de 582 hectares de plantio, com previsão para esta safra de uma produção de 698 toneladas. O comércio é garantido e o preço do quilo varia de R$ 3 a R$ 4, dependendo da época de venda, podendo gerar uma renda de até R$ 2,7 milhões para a economia local.

A produção no local conta com o acompanhamento dos extensionistas da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca. Segundo o coordenador regional da Emater-GU em Itabaiana, Paulo Emílio de Souza, a área cultivada com amendoim na região está assim distribuída: Itabaiana, 210 ha; Mogeiro, 300 ha; Juripiranga, 2 ha; Pedras de Fogo, 5 ha; Pilar, 15 ha; Salgado de São Félix, 25 ha; São José dos Ramos, 15 ha; e São Miguel de Taipu, 10 ha.

O plantio, no geral, se dá no início da estação chuvosa, que na região vem se caracterizando a partir de abril. As sementes plantadas são de duas variedades precoces, a BR 1 e a BRS 151, que foram trabalhadas pela Embrapa e apresentam cor vermelha e um ciclo de produção de 90 dias até a colheita e mais 15 a 30 dias de sol para secagem. A produtividade em regime de sequeiro está na média de 1,2 toneladas por hectare.

A produção de amendoim, principalmente de Itabaiana e na vizinha Mogeiro, abastece o mercado consumidor da Paraíba e parte é vendida in natura na Ceasa de Pernambuco. Atualmente, uma das grandes dificuldades para ampliação da cultura do amendoim está na mão-de-obra que eleva bastante o custo de produção, pois a colheita na Paraíba é totalmente feita de forma manual, sem o uso de implementos.

“Historicamente, a agricultura familiar tem sido a responsável pela maior parte da produção de alimentos básicos, contribuindo com o abastecimento urbano através da diversificação de suas atividades”, comentou o diretor Técnico da Emater-GU, Vlaminck Paiva Saraiva.
O agricultor Luiz Dias de Araújo, da Comunidade Agreste, em Mogeiro, destacou que tem encontrado uma grande demanda do amendoim, cultura que vem trabalhando há bastante tempo e de forma diversificada com o milho e feijão, o que lhe garante uma renda certa, pois o ciclo de produção, por ser precoce em relação às demais culturas, possibilita produzir mesmo em anos com pouca chuva, como vem ocorrendo.

Fonte: Portal Correio

Ministro diz que não vai trair trabalhador com mudança na legislação trabalhista

Resultado de imagem para legislação trabalhistaO ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse hoje (21) em São Paulo que a proposta de flexibilização da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que permitirá que a negociação em acordo coletivo prevaleça sobre a determinação legal, vai respeitar a Constituição e será amplamente discutida com os trabalhadores.

Em evento nesta quinta-feira, na sede do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano em São Paulo, no centro da capital paulista, o ministro afirmou que o trabalhador não será surpreendido. “O trabalhador não será traído pelo seu ministro do Trabalho”, disse Nogueira aos participantes.

Antes de falar aos trabalhadores, o ministro reafirmou que a reforma trabalhista sai até o fm deste ano e que a flexibilização na CLT deve atingir, por exemplo, a questão salarial e a jornada de trabalho.

Interpretação
“Vamos atualizar a legislação. Os direitos não serão revogados. Direito não se revoga, direito se aprimora. Pretendemos promover uma legislação que traga mais clareza nessa relação de contrato entre trabalhador e empregador."

De acordo com Ronaldo Nogueira, no contrato não pode ter interpretação subjetiva. "Isso traz insegurança jurídica. Vamos trabalhar nessa questão, que vai tratar especialmente sobre o prestigiamento da convenção coletiva. Vamos definir em que pontos a convenção coletiva poderá deliberar nessa relação entre capital e trabalho, como questões de salário, carga horária e momentos de crise, entre eles o PPE (Programa de Proteção ao Emprego)”, acrescentou o ministro.

“Entendemos que o acordado não pode prevalecer sobre o legislado. Se não, não não precisa lei. Pretendemos prestigiar a convenção coletiva e vamos definir em que pontos”, ressaltou. O ministro disse ainda que a lei “vai dar diretrizes e estabelecer limites para que a convenção coletiva possa deliberar”.

Segundo ele, as mudanças na legislação trabalhista não serão polêmicas, porque a intenção do ministério é discutir esses pontos com os trabalhadores e sindicatos.

Trabalhadores
“Até o fim do ano [a reforma trabalhista será aprovada] e não vai ter polêmica, porque a construção será elaborada tendo a participação dos trabalhadores. Temos como inimigo comum o desemprego. Hoje, temos 12 milhões de desempregados. Precisamos oferecer ao mercado um contrato que traga segurança e não fique sujeito a interpretações subjetivas que gerem insegurança.”

Para evitar que trabalhadores representados por sindicatos com menor poder de negociação possam ser prejudicados com esses acordos, o ministro informou que o ministério vai promover a capacitação de dirigentes sindicais. "Pretendemos, nos termos da Constituição, fortalecer o principio da unicidade sindical e dar legitimidade maior ao sindicato na hora da homologação da rescisão do contrato", adiantou.

Ontem (20), o ministro afirmou em Brasília que a proposta de reforma trabalhista também inclui outras duas questões: a regulamentação da terceirização no país e a possibilidade de tornar o PPE permanente.

Terceirização
Sobre a terceirização, o ministro disse que as propostas em tramitação no Senado servirão como “fonte de estudos para essa legislação”.

“Vamos definir, dentro de uma categoria econômica, quais são os serviços objeto desse contrato de serviços especializado. Não gosto da expressão terceirização, porque isso remete à ideia de passar a um terceiro a responsabilidade que é tua. Vamos trabalhar na elaboração de uma legislação que trata do contrato de um serviço especializado", esclareceu.

Presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah acompanhou a visita de Ronaldo Nogueira ao Sindicato dos Motoristas. Depois de se reunir com o ministro e de presenciar o discurso de Nogueira aos trabalhadores, Patah falou com os jornalistas e disse que as centrais sindicais estão buscando diálogo com o ministério, mas que não vão aceitar que “se rasgue a CLT”.

“A questão do negociado sobre o legislado é uma questão muito complexa. Do ponto de vista da valorização da convenção coletiva, da negociação, somos favoráveis. Mas, não é por conta disso que teremos de rasgar a CLT. Temos de ter alguns cuidados. Por isso, estamos discutindo com as centrais sindicais uma alternativa. Queremos dialogar. Não queremos falar não para tudo, mas não podemos ficar de olhos fechados e permitir, em um momento tão adverso, que se rasgue a CLT e que se tire direitos fundamentais dos trabalhadores”, destacou Patah.

Segurança jurídica
Segundo ele, uma questão que preocupa bastante as centrais é sobre a jornada de trabalho. “A questão da jornada de trabalho nos preocupa quando temos a CNI, uma entidade patronal industrial e dos empresários, falando em se trabalhar 80 horas por semana. Como podemos permitir uma negociação com relação à carga horária se já temos percebido que os empresários querem nos transformar em máquinas? Temos de tomar muito cuidado. O mundo sindical está pronto para um diálogo. O mundo é outro, temos a questão da longevidade, da demografia, do mundo do trabalho moderno e temos que buscar alternativas para adequar. Mas não é por conta dessas questões que vamos abrir mão dos nossos direitos”, ressaltou.

Com relação à terceirização, Patah disse que o projeto aprovado na Câmara dos Deputados “é muito ruim e precariza a atividade laboral”.

“Nós da UGT somos favoráveis à regulamentação da terceirização. Queremos segurança jurídica para o empresário, para o governo e principalmente para os trabalhadores. Mas isso não significa permitir a terceirização de todas as atividades, conforme aprovado na Câmara. Faremos mudança no Senado para termos segurança jurídica e não precarização." Para o sindicalista, a atividade fim da empresa não pode ser terceirizada. “Queremos resgatar a atividade meio. A finalidade da empresa não pode ser terceirizada”, concluiu Patah.

Fonte: Agência Brasil

Prefeita de Patos e a filha Ilana sentem cheiro de prisão. Ouça a conversa!

chica-illanaA anomalia chama a atenção porque envolve a prefeita de uma cidade de porte médio da Paraíba, e Patos não merece pelo que está passando, uma escândalo que poderá levar a ex-deputada Chica Motta (PMDB) a prisão. O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um inquérito civil para apurar atos de improbidade administrativa, que fora praticado por ela e familiares.

Conforme noticiado nesta terça-feira (19), a ação recebe a assinatura do procurador federal João Rafael com base em novos grampos telefônicos na segunda fase da operação denominada “Desumanidade”. O batismo vem a calhar com o que está sendo investigado, pois a suposta roubalheira atinge, principalmente, a população carente de Patos.

Chica Motta, como se sabe, não é candidata a reeleição. Parece pressentir o que poderá aconteceu nos próximos dias, depois do pedido de prisão anunciado pelo MPF. Pega além da prefeita, os integrantes do clã dos “Motta”. A ação foi movida com base em grampos telefônicos. Coisa de estarrecer qualquer um, quando se imagina que isso não acontece.

De acordo com os informes, além da manipulação de licitações para desvio de recursos federais no âmbito da Prefeitura de Patos, a perseguição política a quem ousa denunciar as práticas de corrupção dentro do grupo político. Desta vez, tudo começou em São José de Espinharas, administrado por Renê Trigueiro Caroca.

Conta-se que lá, o taxista Arcádio Queiroz de Medeiros que denunciou o esquema ao Ministério Público Federal contra a prefeita foi vítima de uma trama que, para lograr êxito, precisava que tivesse a ajuda da prefeita de Patos, Chica Motta. Se o malfeito for comprovado, o que deverá ocorrer por conta dos áudios à disposição do procurador João Rafael, a situação poderá se complicar ainda mais para o lado dos “Motta”.

Na petição do MPF, o escárnio da ação dos supostos envolvidos: “Diante das denúncias apresentadas por Arcádio, Renê Trigueiro Caroca resolveu arquitetar uma estratégia para prejudicar, intimidar e silenciar o denunciante. Como Arcádio Queiroz era titular de uma concessão de transportes alternativos emitida pela Prefeitura de Patos, Renê valeu-se da grande influência que possui na gestão da referida prefeitura para, em conluio com a gestora e com servidores do município, cassar a concessão titularizada pelo representante das representações que Arcádio subscreveu, bem como revelam o estratagema utilizados pelo promovidos para dar aparência de legalidade ao ato praticado”.

No diálogo, de acordo com o procurador João Rafael, “Ilanna Motta e Francisca (Chica) Motta telefonam para Damião, lotado no departamento jurídico do Setor de Transportes de Patos. IIanna e Francisca Motta determinam que Damião e Marcos, chefe da repartição, façam o ‘negócio’, o que se trata, na verdade, da cassação do alvará de transporte de Arcádio Queiroz.

Ouça a conversa.
Fonte: Blog Marcone Ferreira

Aprenda a fazer uma horta em apenas um metro quadrado

Aprenda a fazer uma horta em apenas um metro quadradoMuitas pessoas que têm pouco espaço em casa acham que não é possível cultivar seus próprios alimentos. Mas, paisagistas ensinam que mesmo em pequenos ambientes é possível fazer hortas caseiras.

Em 2011, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mostrou que 28% dos vegetais consumidos no Brasil  possuem resíduos de agrotóxicos em níveis inaceitáveis. A alternativa então é cultivar seus próprios orgânicos, mesmo que o espaço seja pequeno.
Hoje, o CicloVivo separou o sistema do SERPAR (Serviço de Parques de Lima, no Peru) que ensina a cultivar uma horta quase completa ocupando apenas um metro quadrado.

Ideal para pequenos espaços, esta horta é cada vez mais popular entre os jardineiros urbanos. Ela é suficiente para o abastecimento diário de legumes de uma pessoa por um mês.

Por ocupar um pequeno espaço, a horta permite que o cultivador alcance toda ela para plantar, regar e colher, sem que precise de muito esforço. Além disso, é possível trabalhar na horta ao nível da cintura, o que facilita o cultivo por deficientes físicos.
Este sistema de cultivo é dividido entre quadrados e retângulos menores. Cada espaço tem um legume ou erva diferente.

Veja quais alimentos você pode cultivar e suas categorias:
Plantas pequenas: Rabanete, cenoura, cebola, espinafre, beterraba, alface e salsa.
Plantas grandes: Repolho, brócolis, couve-flor, berinjela e pimentas.
Plantas verticais: Tomate, pepino, vagem, ervilha e feijão.

Na construção da estrutura podem ser usados tubos de ferro ou de PVC utilizados em alambrados ou também é possível adaptar e reutilizar algum outro material, como pedaços de madeira.
As plantas maiores ficam nas fileiras de trás e as menores, na frente, para que todas recebam a luz do sol. As plantas verticais, como os tomates, devem ser penduradas na estrutura. Amarre-as bem para que suportem o peso e o vento.
A rotação de cultivos é automática. Por exemplo, um cultivo que leva mais tempo, como o do tomate, pode ser plantado entre outros cultivos de colheita rápida e que seriam colhidas antes que a planta precise de mais espaço.

Fonte: Ciclo Vivo

Rio Grande do Norte lança linha de crédito para renovação da frota de táxis

Linha de crédito vai beneficiar taxistas com financiamentos de até R$ 35 mil (Foto: Ivanízio Ramos/Governo do RN)Mais uma linha crédito para fomento da economia do Rio Grande do Norte foi apresentada pelo Governo do Estado. O governador Robinson Faria lançou o programa Pró-Taxista, um financiamento especial para proprietários de táxis, disponibilizado com recursos próprios da Agência de Fomento do RN (AGN). O evento de lançamento aconteceu na sexta-feira (15).
A parceria da nova linha de crédito está sendo firmada com a Cooperativa dos Proprietários de Táxis de Natal (Cooptax) e tem o objetivo de incentivar a renovação da frota dos veículos. A meta inicial é financiar 100 taxistas e o investimento pode chegar a R$ 3,5 milhões.

Governador Robinson Faria lançou programa na sexta (15) (Foto: Rayane Mainara/Governo do RN)No lançamento, o governador assinou o termo de cooperação com a entidade e ainda celebrou a entrega das chaves do novo carro do primeiro beneficiado, o taxista Francisco das Chagas Rodrigues. Ele comemorou a conquista do novo automóvel. “Meu carro não era tão confortável e agora tenho um veículo mais moderno e espaçoso para atender meus clientes”, disse o taxista.

Robinson Faria destacou o investimento do governo no empreendedorismo do Estado. “Mesmo com a escassez de recursos, atendemos aos anseios da cadeia produtiva, garantindo melhores condições de trabalho aos taxistas. Com o financiamento, estão sendo beneficiados os profissionais dos transportes, com mais conforto e segurança; o turismo, que também ganha com uma melhor estrutura para os visitantes que chegam ao Estado; e o comércio de veículos, que deve vender mais e movimentar a economia”, ressaltou o chefe do Executivo estadual.

“Estamos trabalhando para que nos próximos meses, o convênio possa ser estendido a mais taxistas através de outras cooperativas do RN”, acrescentou o diretor-presidente da AGN, Murilo Diniz.

O valor a ser financiado é de até R$ 35 mil, com quitação em 48 meses e taxas de juros abaixo da média praticada no mercado financeiro. Atualmente, a frota de táxi, associada à Cooptax em Natal, é de 600 veículos, o que equivale a cerca de 60% da frota da capital. Para solicitar o subsídio, o taxista não pode ter restrições, deve comprovar a situação de matrícula profissional e ser associado da Cooptax.

“Estamos muito felizes com a medida do governo, pois agora teremos como investir em um novo instrumento de trabalho e oferecer um melhor serviço aos usuários de táxis”, disse o presidente da Cooptax, Genário Torres.

A solenidade que aconteceu no auditório da governadoria, no Centro Administrativo, teve a participação dos secretários estaduais do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Julianne Faria; de Infraestrutura, Jader Torres; e de Relações Institucionais, Getúlio Ribeiro. Também participaram da assinatura, o Deputado Estadual, Jacó Jácome; o presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros, Eudo Laranjeira; e taxistas.

Fonte: G1RN

SUS oferecerá remédio que pode prevenir a aids

26022016_aids_PrefChapecoSCO Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 19 de julho, que pretende incluir na lista de medicamentos gratuitos do Sistema Único de Saúde (SUS), até o fim do ano, o remédio que pode prevenir a infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). A informação foi dada pelo Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), Aids e Hepatites Virais do ministério, durante a 21.ª Conferência Internacional de Aids, na África do Sul, e confirmada pelo órgão federal.

Chamado de profilaxia pré-exposição (PrEP), mas mais conhecido como truvada – seu nome comercial –, o medicamento diminui as chances de contaminação pelo vírus da Aids quando tomado continuamente, mas pode trazer efeitos colaterais, como leves disfunções gastrointestinais e renais.

A pílula de ingestão diária combina dois tipos de antirretrovirais (tenofovir e emtricitabitina) e é indicada para a população não infectada, mas que tem maior chance de contágio. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o remédio diminui em até 92% o risco de o vírus entrar nas células.

Para a CNM
Para a Confederação Nacional de Municípios (CNM) a iniciativa é boa. A entidade lamenta porém que políticas são implantadas sem definir as atribuições tanto dos entes e de quais serviços no Município que ficarão responsáveis, para que as medicações cheguem realmente ao pacientes de risco com todas as orientações e encaminhamentos necessários.

A CNM esclarece que muitas vezes os Municípios recebem medicamentos de campanhas mas não sabem ou não possuem a estrutura para desenvolver as ações, as medicações muitas vezes vencem e são descartadas, desperdício do dinheiro público e necessidade da população.

Fonte: CNM

Partidos podem escolher candidatos para eleição municipal a partir de hoje

A partir de hoje (20), os partidos políticos poderão realizar as convenções partidárias para escolher os candidatos que vão concorrer às eleições, em outubro, para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. As convenções poderão ser feitas até o dia 5 de agosto.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a data para a realização das convenções mudou com a Lei 13.165/2015, conhecida como Reforma Eleitoral de 2015. Antes da legislação, as convenções eram feitas entre os dias 10 a 30 de junho do ano em que ocorre a eleição.

Também a partir desta quarta-feira, juízes que forem cônjuges ou parentes de candidatos não poderão exercer algumas funções. Segundo o Código Eleitoral, desde a homologação da convenção partidária até a diplomação do candidato, “e nos feitos decorrentes do processo eleitoral, não poderão servir como juízes nos tribunais eleitorais, ou como juiz eleitoral, o cônjuge ou o parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau, de candidato a cargo eletivo registrado na circunscrição”.

De acordo com o TSE, pai, mãe e filhos são considerados parentes consanguíneos em primeiro grau. Já irmãos, avós e netos são de segundo grau. São considerados parentes por afinidade em primeiro grau sogro, sogra, genros e noras e de segundo grau, padrasto, madrasta, enteados e cunhados.

Fonte: Agência Brasil 

Tesouro Nacional bloqueia FPM de 14 municípios da Paraíba

Quatorze municípios paraibanos correm o risco de não receber o segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês, previsto para ser creditado nas contas das prefeituras nesta quarta-feira (20). Essas cidades fazem parte de uma lista de 196 municípios brasileiros que tiveram os recursos bloqueados, de acordo com informações da Secretaria do Tesouro Nacional.

Da Paraíba, estão os municípios de Araruna, Baraúna, Caaporã, Caldas Brandão, Massaranduba, Monteiro, Mulungu, Olho D´água, Piancó, Prata, Riacho dos Cavalos, Salgado de São Félix, Santa Rita e Tacima. As cidades afetadas poderão identificar o repasse no extrato bancário, mas o recurso estará bloqueado para saques, transferências e outras operações.

O bloqueio do FPM geralmente ocorre quando o município não realiza ou atrasa o pagamento do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), ou possui dívidas com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Para liberar os recursos, o município deve identificar qual pendência motivou o bloqueio do repasse (normalmente ocorre quando o município possui mais de três guias do Pasep em aberto ou algum débito com INSS) e, em seguida, efetuar a regularização. O bloqueio é realizado todo dia 13 do mês, e pode ser consultado pela página da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) na internet clicando aqui.

Fonte: Assessoria 

Deputado que faltar às sessões terá salário descontado, diz Presidente da Câmara dos Deputados

Deputado que faltar às sessões terá salário descontado, diz Rodrigo MaiaO presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (20) que vai descontar o dia de trabalho dos deputados que faltarem às sessões de votação no plenário da Casa após o retorno do recesso branco. A meta é garantir quórum para as votações no período que antecede as eleições municipais de outubro.

Ao ser questionado por jornalistas se cogita descontar o dia dos faltantes, Maia respondeu “È óbvio, pauta marcada deputado tem que estar presente. Em qualquer trabalho é assim, se você marcou uma data para que os deputados estejam aqui para votar é importante que todos votem”, explicou.

Ele reafirmou que, em agosto, no retorno das atividades legislativas, vai buscar garantir quórum para votações durante três dias por semana, apesar das demandas decorrentes das eleições, cuja campanha tem início autorizado a partir de 16 de agosto. Em setembro, com a proximidade maior das eleições, Maia disse que essa periodicidade pode ser menor.

Dificuldade em setembro
“Acredito que no mês de agosto a gente tenha alguma condição de fazer três vezes por semana, quando chegar em setembro, em cima da eleição, é mais difícil três vezes por semana”, disse ao chegar hoje à Câmara.

Rodrigo Maia voltou a comentar o jantar da noite de ontem (19) com o presidente interino, Michel Temer, que também teve a participação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Segundo ele, o jantar foi uma sinalização de que é preciso gerar consenso e harmonia entre os poderes para fazer avançar no Congresso Nacional a votação de pautas que contribuam para a superação da crise.

“Está na hora de o parlamento, junto com o Executivo e até o Judiciário, todo mundo colaborar, gerar consenso, gerar uma harmonia diferente de antes e ter possibilidade de o parlamento dar sua contribuição com a crise”, disse na entrevista.

Fonte: Agência Brasil

Pré-candidata a Prefeita em Ouro Branco e irmão coordenam Programa Microcrédito Empreendedor em plena pré-campanha

Desde o último 9 de junho que a pré-candidata à prefeita de Ouro Branco, Eurinete Santos (PSD), e seu irmão, Almir Santos, coordenam o Programa  Microcrédito Empreendedor - do governo  estadual - que concede aos beneficiários cheques nos valores de R$ 3.000,00 a R$ 6.000,00.  

Conforme publicação realizada no último 24 de junho, no blog Ouro Branco Notícia, intitulada "Grupo de oposição consegue programa microcrédito empreendedor para Ouro Branco" (confira AQUI), vemos a pré-candidata Eurinete junto ao governador Robinson Faria durante um evento no qual ela teria solicitado - pessoalmente - a implementação deste Programa para a cidade de Ouro Branco. 

Em seguida, no dia 22 de junho, a pré-candidata esteve presente na reunião realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, onde a coordenadora do Programa no Estado, Fátima Pereira, apresentou Eurinete como sendo a  responsável pelo programa no município de Ouro Branco. 

Alguns beneficiários do Programa relataram que os mesmos tiveram que se deslocar até a residência da pré-candidata para poder realizar o cadastro no Programa, e após passar pelo o aval da mesma, a parte burocrática seguiu para as mãos de seu irmão, que também tem coordenado sua pré-campanha em reuniões partidárias.

Do Blog: A atitude da pré-candidata a prefeita configura obtenção de vantagens em relação aos seus concorrentes, o que configura tratamento privilegiado e desigualdade na disputa do pleito eleitoral. 

Agora é aguardar para saber o que o Ministério Público e a Justiça eleitoral dirão sobre esta atitude ilegal praticada por aliados do Governador do Estado, membros do PSD, que estão se aproveitando do Programa do Governo do Estado para obter vantagens no período de pré-campanha.

Fonte: Priorado News

VÁRZEA: CONVITE DE CONVENÇÕES MUNICIPAIS

É com alegria e satisfação que os Presidentes dos Partidos DEMOCRATAS, PSDB, PP e PTB convidam seus filiados e famílias VARZEENSES para participarem da Convenção Municipal que será realizada no dia 24 de Julho a partir das 16:00hs no Clube Aki Fiko em Várzea.

SUA PRESENÇA SERÁ ESSENCIAL!!!

Fonte: Assessoria

Curso online gratuito vai reforçar seu autoconhecimento

É fato que quem entende e reflete sobre sua própria história toma decisões muito melhores de carreira. Só o que tão necessário autoconhecimento não é característica inerente a todo mundo. É preciso trabalhar nisso. Para ajudar estudantes e profissionais, a Fundação Estudar acaba de lançar um curso online com este objetivo. É um programa ideal para quem trabalha muito e não tem tempo para refletir a respeito dos aprendizados da rotina.

“Normalmente, entramos na preocupação de enfrentar os desafios do dia a dia, mas sem pensar no por que fazemos isso e em como isso reflete no nosso futuro. Em casos assim, não estamos tomando decisões deliberadas. É o que acontece, por exemplo, em casos como a escolha do curso de graduação, da profissão, do emprego, etc.”, explica Tiago Mitraud, diretor executivo da Fundação Estudar.

Com duração de três semanas, o Trilha, como chama o curso, é dividido em 7 módulos e traz videoaulas bem curtinhas, baseadas na técnica de microlearning, ou seja, o aluno entra em contato com o conteúdo em pouco tempo. O valor é de R$ 199 reais, mas os leitores de Exame.com podem fazer de graça. Basta utilizar o código FE25ANOS para se inscrever e usufruir do benefício exclusivo por meio do site do Na Prática (aqui) . O código é válido para todos que se inscreverem para participar da turma que começa em 18 de julho ou na seguinte, com início em 8 de agosto.

São abordados temas como aprender a aprender, como traçar um norte, memórias que nos definem e como criar novos hábitos. Além das aulas, os alunos vão encontrar desafios e exercícios a cada módulo, oferecidos em dois níveis: para quem nunca teve contato com a temática de autoconhecimento e prefere algo mais fácil, em nível iniciante, e para quem já está habituado com o assunto e quer se aprofundar no nível de dificuldade.

SERVIÇO: 
Programa Trilha (curso online) da Fundação Estudar

Inscrições: pelo site do Na Prática. Insira o código FE25ANOS para obter 100% de desconto. (É preciso clicar antes em Adquirir Curso)

Início: 18 de julho ou 8 de agosto

Duração do curso: 3 semanas

Fonte: Exame

Zé Maranhão indica sobrinha para ser vice de Luciano Cartaxo

magda maranhaoO presidente estadual do PMDB e senador José Maranhão indicou o nome da sobrinha, Magda Maranhão, para ocupar a vaga de vice na chapa encabeçada pelo prefeito de João Pessoa e pré-candidato a reeleição, Luciano Cartaxo (PSD).

Magda Maranhão é filha de Carmésia Maranhão, irmã mais nova do senador José Maranhão.

A indicada do peemedebista é funcionária de carreira do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Ela é casada com o ex-secretário de Turismo do Estado, Laplace Guedes, que foi nomeado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) para ocupar a Secretaria Executiva de Energia e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas até agora, não assumiu o cargo.

O nome de Magda foi levado ao prefeito Luciano Cartaxo pelo senador José Maranhão durante uma conversa pessoal entre os dois.

A pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) a prefeito de João Pessoa deve ser retirada nos próximos dias.

Fonte: Blog do Gordinho
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB