MANCHETE
print this page
OUTRAS NOTÍCIAS

Atletas de Várzea representam município na Corrida dos Olhos 2017

Aconteceu neste domingo, em Santa Luzia, a 1ª edição da Corrida dos Olhos, evento que fez parte da programação da Festa da Padroeira 2017 e foi organizado pelo atleta Nerinho de Souza. A corrida reuniu aproximadamente 300 competidores e a premiação foi subdividida por categorias.

Os corredores da cidade de Várzea também participaram da Corrida dos Olhos. Ao todo 5 atletas estiveram representando o município com total apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desportos.

A largada/chegada foi no Centro, na Praça Alcindo Leite, e o pódio montado no Parque do Forró. A corrida teve dois percursos, 10 km e 5 km, sendo que o desempenho dos atletas varzeenses foi considerado positivo, com um deles conseguindo troféu, João Batista de Souza.

Confira o desempenho:

Categoria Masculino - 10Km
João Batista de Souza - 16° lugar;
Márcio Medeiros Ramos - 19° lugar;
Fargônio Araújo da Silva - 30° lugar; 
Alcindo Rocha Junior - 49° lugar.

Categoria Masculino - 5Km
Rummenigge Luan Dantas - 81° lugar.  

Fonte: Politica do Vale

Campina Grande sedia nesta quarta-feira III Workshop de Startups


Campina Grande vai sediar nesta quarta-feira (13) o III Workshop de Startups, com o tema: Soluções Inovadoras para Cidades Inteligentes. O evento será realizado no dia 13 de dezembro às 18:30 horas, no Auditório da FIEP. A atividade é realizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, Associação Cariritech, Sebrae, Fiep, IEL, UFCG, Brejo Criativo e Senai.

Segundo o secretário Tovar Correia Lima, o III Workshop de Startups tem o objetivo de promover e expor ações inovadoras para Cidades Inteligentes. “Estamos preparando Campina Grande para o futuro e nada melhor que promover ações como essas para possibilidade a troca de experiência e conhecimento”, disse.

A abertura do evento será feita pelo prefeito Enivaldo Ribeiro que vai falar sobre a importância do Incentivo à Inovação. O III Workshop de Startups contará com quatro palestras. A primeira com o tema: Projeto Minha Árvore e Programa FelizCidade - Denise Sena (SESUMA) e Marcelo Barros (UFCG); a segunda abordará sobre o Projeto de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo - Paulo César (SECTI).

A terceira será ministrada por Alexandre Araújo (Startec Telecom) que vai abordar Case de Sucesso em Cidades Inteligentes Implantado em Fortaleza/CE’; e a quarta palestra abordará a Plataforma de Monitoramento do Transporte Público de Campina Grande - Helder Carlos (STTP). Entre as palestras acontecerão apresentações das Startups.

Fonte: Assessoria 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Várzea promove confraternização para crianças, adolescentes e idosos

E foi com confraternização que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Várzea, da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social, encerrou suas atividades neste ano de 2017.

As crianças, adolescentes e idosos, usuários do programa, puderam desfrutar, nos dias 03, 07 e 08 de dezembro, de momentos de lazer na Chácara Cajueiro do Tomaz, em Várzea, e no Balneário Nova Vida, em Serra Negra do Norte/RN.

Os três momentos proporcionaram descontração e socialização aos usuários. Ainda foi servido lanche e almoço em todas as oportunidades.

A secretária do Trabalho e Assistência Social, Francisca Gadelha, destacou o trabalho da equipe da pasta durante todo o ano. "Em primeiro lugar, agradecer a Deus por ter nos dado força e discernimento para desenvolver as ações durante todo o ano de 2017, e em segundo lugar a toda a equipe da secretaria que trabalhou incansavelmente para que todas as ideias e projetos fossem colocados em prática com a excelência que foi. Ao prefeito Toninho, nosso muito obrigado por nos dar total apoio. E aos usuários, dispensa comentários, exemplos de educação e companheirismo desde o início do nosso trabalho", finalizou.
Fonte: Politica do Vale

Planos econômicos: adesão a acordo será feita pela internet

Bancos e entidades que defendem consumidores vão disponibilizar na internet uma plataforma para que os poupadores possam aderir ao acordo que vai compensar as perdas nas cadernetas de poupança dos anos 1980 e 1990. Terão direito ao ressarcimento os poupadores ou herdeiros que até 31 de dezembro de 2016 tenham entrado na Justiça em ações coletivas ou individuais.

Para aderir, o poupador precisará comprovar o saldo na poupança, através de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda, segundo minuta do acordo, ao qual O GLOBO teve acesso. Após a adesão ao acordo, a ação será extinta. As adesões estarão submetidas a auditoria e procedimentos para evitar fraudes.

O prazo de adesão pelos poupadores é de dois anos após a homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Só após a decisão do Supremo é que as datas exatas para o recebimento serão divulgadas. Os pagamentos devem começar 15 dias após a homologação pelo STF e inscrição na plataforma.

Após anos de disputadas na Justiça, a Advocacia-Geral da União (AGU), o Banco Central do Brasil, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a Frente Brasileira dos Poupadores (Febrapo) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciaram que o acordo que encerra as disputas judiciais sobre perdas nos planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2 foi assinado nesta semana. O plano Collor 1 não faz parte do acordo.

O documento será levado ao STF ainda nesta terça-feira. As instituições financeiras signatárias são Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outras poderão aderir em até 90 dias.

CÁLCULO EM TRÊS ETAPAS
O cálculo do valor a ser recebido por cada poupador obedecerá a três etapas. A primeira etapa corresponde ao cálculo do valor-base de cada plano econômico, reclamado pelo respectivo poupador em juízo. Neste caso, o valor-base será calculado multiplicando-se o saldo base usado para calcular a remuneração paga à época do plano por um fator fixo.

No caso do plano Bresser (data base da conta em junho de 1987), o fator será de 0,4277. Apenas integrarão o valor-base os saldos das contas-poupança cujo aniversário tenha ocorrido na primeira quinzena do mês de junho de 1987.

Para o Plano Verão (data base da conta em janeiro de 1989), o valor-base será calculado multiplicando-se o saldo base usado para calcular a remuneração da época pelo fator 4,09818.

Para o plano Collor II (data base da conta em janeiro de 1991), o fator será de 0,0014, com exceção das contas com aniversário nos dias 1 e 2 de janeiro de 1991, em que não haverá diferença a pagar. O plano Collor I, de 1990, não entrou no acordo.

Se uma pessoa tiver direito à restituição de perdas referentes a mais de um plano, os valores serão somados. Dessa forma, será obtido um valor consolidado.

Na terceira etapa, o valor consolidado obedecerá à seguinte dinâmica: valores de até R$ 5 mil não sofrerão mais nenhum desconto e serão pagos à vista. Valores consolidados entre R$ 5 mil e R$ 10 mil sofrerão desconto de 8%. Montantes entre R$ 10 mil e R$ 20 mil passarão por desconto de 14%. E valores acima de R$ 20 mil terão desconto de 19%.

Conforme o texto acertado, o prazo máximo de parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores será de até três anos.

O pagamento parcelado será semestral, de até três parcelas para montantes entre R$ 5 mil e R$ 10 mil. Para montantes acima de R$ 10 mil e R$ 20 mil, serão cinco parcelas semestrais. Os valores das parcelas serão reajustados pelo índice oficial da inflação, o IPCA. Em caso de atraso no pagamento das parcelas, os bancos pagarão multa de 2% mais a Selic.

ADESÃO POR IDADE
Para maior facilidade operacional, e a fim de prestigiar os poupadores mais idosos, os pedidos de habilitação serão recebidos em 11 lotes definidos conforme a idade do poupador. No primeiro lote, poderão habilitar-se poupadores nascidos antes do ano de 1928. A partir daí, será aberto um lote a cada 30 dias. Cada nova etapa vai somar quatro anos a partir de 1928.

No décimo lote de habilitação, poderão habilitar-se aqueles que sejam herdeiros ou inventariantes de poupadores já falecidos. E, por fim, poderão habilitar-se aqueles que tenham ingressado em juízo entre 01/01/2016 e 31/12/2016.

A recomendação é de que os advogados façam o processo de adesão. Na plataforma online, deverão ser informados dados pessoais, do processo, da conta poupança, o saldo, a opção pela forma de pagamento (crédito em conta corrente ou depósito judicial).

Recebido o pedido de habilitação, o banco vai conferir os dados e habilitar ou não o ressarcimento. A análise será feita em até 60 dias após recebida a habilitação. Todas as respostas relativas aos pedidos de habilitação serão feitas por meio do sistema eletrônico.

Os advogados vão receber um honorário de 10% sobre o valor a ser recebido.

Fonte: O Globo

Famílias de baixa renda poderão ter tarifa diferenciada de água

Famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa poderão pagar valores diferenciados nas contas de água. É o que determina o PLS 505/2013, que cria a Tarifa Social de Água e Esgoto, aprovado em decisão final, nesta terça-feira (12), pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O projeto, do senador Eduardo Braga (PMDB-AM), cria um subsídio nas tarifas de água e esgoto, a exemplo do que já existe para a energia elétrica, para beneficiar pessoas com baixa renda. Ele observou que alguns estados já adotam esse benefício para famílias que moram em habitações populares como aquelas construídas pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

- Esse projeto faz justiça a milhões de brasileiros - disse.

Pelo texto aprovado, o desconto na tarifa deverá ser calculado de modo cumulativo. Para a parcela de consumo de até 10 metros cúbicos de água mensais, o desconto será de 40%; para a parcela de consumo acima de 10 a até 15 metros cúbicos, o desconto será de 30%; para a parcela acima de 15 a até 20 metros cúbicos água/mês, o desconto deverá ser de 20%; e para a parcela que consumir mais de 20 metros cúbicos, não haverá desconto.

Como foi aprovado em decisão terminativa, o projeto poderá seguir para a Câmara dos Deputados, a menos que haja recurso para que seja votado pelo Plenário do Senado.

Cadastro
A tarifa social só poderá ser cobrada de famílias com renda per capita de até meio salário mínimo. Para usufruírem do benefício, essas famílias deverão se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico).

Qualquer membro da família deverá comparecer à prestadora do serviço e apresentar Carteira de Identidade ou Cadastro da Pessoa Física (CPF), além da respectiva conta de água, e se cadastrar. O desconto será aplicado somente a uma única unidade consumidora por família.

A proposta teve parecer favorável, com emenda, da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Ela reforçou, no parecer, que o projeto dá um mínimo de uniformidade às tarifas sociais criadas em vários municípios e estados brasileiros desde a Lei 11.445/2007 (Diretrizes Nacionais para o Saneamento Básico).

“O poder público tem a obrigação de facilitar o acesso da população a bens jurídicos fundamentais e necessários a uma existência digna. Entre esses bens, a água potável se destaca porque é essencial à vida: a depender das condições físicas particulares, o corpo humano sobrevive sem água por pouco tempo, de 3 a 5 dias. Garantir o acesso à água potável é crucial, se quisermos diminuir os riscos de desenvolvimento de doenças na população”, justificou a relatora.

Vanessa também elogiou o projeto por prever descontos maiores para quem consumir menos, buscando incentivar o consumo sustentável. Com esse critério, ela acredita que a proposta contribuirá para o combate ao desperdício de água.

Inclusão social
Moradores de baixa renda em áreas de ocupação não regulares, em habitações multifamiliares (regulares e irregulares) ou em empreendimentos habitacionais de interesse social também poderão ter acesso ao benefício. Para isso, poderão solicitar às prefeituras o cadastramento de suas famílias no CadÚnico, desde que atendam às condições estabelecidas.

Caso a prefeitura não efetue o cadastramento em até 90 dias, os moradores poderão pedir ao Ministério do Desenvolvimento Social as providências necessárias. Caberá também ao Poder Executivo e as prestadoras de serviços informar a todas as famílias inscritas no CadÚnico que atendam às condições estabelecidas o seu direito à tarifa social.

Sob pena de perda do benefício, os cadastrados, quando mudarem de residência, deverão informar seu novo endereço à prestadora. Quando solicitado e desde que tecnicamente possível, as prestadoras também deverão instalar medidores de água para cada uma das famílias que residam em habitações multifamiliares regulares e irregulares de baixa renda.

Habitações Multifamiliares
O texto original do PLS 505/2013 determina à Agência Nacional de Águas (ANA) a missão de regulamentar a aplicação da tarifa social de água e esgoto para moradores de habitações multifamiliares regulares e irregulares de baixa renda onde não há condições técnicas de instalação de medidores.

Por enxergar vício de iniciativa nessa delegação de competência, já que projeto de iniciativa do Poder Legislativo não pode definir atribuições para órgãos do Poder Executivo, Vanessa apresentou emenda para estabelecer que a regulamentação caberá “ao ente titular do serviço” de água e esgoto.

O projeto também prevê que o valor pago pelo serviço de água e esgoto no âmbito dessa política, os custos administrativos e financeiros e os encargos tributários da prestadora, após a prévia exclusão dos consumidores beneficiados pela tarifa social, deverão ser rateados entre todas as classes de consumidores atendidos, de forma proporcional ao consumo verificado.

O PLS 505/2013 poderá seguir direto para a Câmara dos Deputados se não houver recurso para análise pelo Plenário do Senado.

Fonte: Agência Senado

Sisu 2018 tem mais de 15 mil vagas em universidades públicas da Paraíba

Consulta às vagas oferecidas pelo Sisu nas universidades da PB em 2018 foi liberada (Foto: Reprodução/Sisu)O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai oferecer 15.182 vagas em 305 cursos das universidades federais e estaduais da Paraíba em 2018. O Ministério da Educação liberou, nesta terça-feira (12), a consulta às vagas oferecidas no primeiro semestre de 2018 pelo sistema.

O Sisu reúne vagas de graduação em universidades públicas que são disputadas com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A consulta deve ser feita no site do programa: http://sisu.mec.gov.br/.





A Paraíba tem quatro instituições de ensino superior que selecionam estudantes por meio do Sisu. A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) oferta 8.055 vagas em 127 cursos, a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), 3.150 vagas em 76 cursos, o Instituto Federal da Paraíba (UFPB), 1.260 vagas em 35 cursos, e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), 2.717 vagas em 67 cursos.

O número total de vagas para este ano é um pouco menor que o ofertado para o primeiro semestre de 2017. Naquela ocasião, foram foram oferecidas 15.513 vagas para as universidades públicas da Paraíba.

A queda no número de vagas foi puxada pelo quantitativo da UEPB, que ofertou 3.318 vagas em 2017 e 2.717 este ano. A UFPB e UFCG aumentaram o número de vagas, enquanto que o IFPB manteve a mesma quantidade.

As inscrições vão começar no dia 29 de janeiro e seguem até as 23h59 de 1º de fevereiro, no horário de Brasília. Antes dessa data, os estudantes ainda aguardam a divulgação das notas do Enem, o que ocorre no dia 19 de janeiro.

Por meio desse sistema, os candidatos poderão usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 para pleitear uma vaga em uma universidade pública que tenha aderido ao Sisu. Serão 130 instituições no Brasil - 30 estaduais e 100 federais -, que ofertarão 239.601 vagas na graduação.

Para participar, é necessário ter tirado nota acima de zero na redação do Enem 2017. Como nos anos anteriores, cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar. Também é necessário definir qual a modalidade no qual o aluno se encaixa - ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Mesmo que o candidato faça sua inscrição no dia 29 de janeiro, ele poderá alterar suas opções até as 23h59 do dia 1º de fevereiro. O sistema mostra, a cada dia, uma nota de corte parcial, baseada nas notas das pessoas que já se inscreveram até o momento naquele curso.

Resultados e matrícula
Os resultados serão publicados no dia seguinte ao término das inscrições, 2 de fevereiro. Os aprovados deverão efetuar a matrícula nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro de 2018.

Só será possível confirmar a vaga caso o estudante apresente seus documentos corretamente na instituição de ensino na qual foi aprovado.

Lista de espera
Do dia 2 de fevereiro até as 23h59 de 16 de fevereiro, os candidatos poderão manifestar interesse em alguma vaga para a qual não foram aprovados na primeira chamada. Só será permitido marcar o curso colocado como 1ª opção na inscrição.

As convocações serão feitas pelas universidades, em calendário definido por elas. Cabe ao candidato acompanhar os prazos.

Calendário do Sisu 2018
  • Inscrições: de 29 de janeiro até as 23h59 de 1º de fevereiro de 2018
  • 1ª chamada: 2 de fevereiro de 2018
  • Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: 5, 6 e 7 de fevereiro de 2018
  • Manifestação de interesse na lista de espera: 2 de fevereiro até as 23h59 de 16 de fevereiro
  • Convocações nas demais chamadas: datas definidas por cada universidade


Sisu do 2º semestre
As notas do Enem também poderão ser utilizadas na segunda edição do Sisu 2018, que abrirá inscrições no fim de maio.

Fonte: G1PB

Pesquisa no Curimataú traz Azevêdo liderando disputa para o governo da Paraíba; Maranhão em 2º

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevêdo (PSB) aparece em primeiro lugar em pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Estatístico de Pesquisa Social – IEPES. 

Na pesquisa espontânea o socialista saiu na dianteira, com 16,2%, seguido do governador Ricardo Coutinho, com 9,2% e do senador José Maranhão (PMDB), que aparece com 8%. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) aparece com 9,4%.

A pesquisa foi realizada entre os dia 05 e 08 de dezembro de 2017 e entrevistou 1500 pessoas. O intervalo de confiança é estimado em 95%, já a margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Na aferição estimulada, que é aquela em que os nomes dos pré-candidatos são citados, João Azevêdo também figura como primeiro colocado, com 23, 2%, seguido do senador Maranhão, com 20,3%.

A pesquisa foi realizada na 4ª Região Geoadministrativa do Estado da Paraíba, que corresponde ao Curimataú paraibano.  Só em Cubati mais de 73% declararam que votarão no candidato do Governo.

A amostra engloba os municípios de Baraúna, Barra de Santa Rosa, Cubati, Cuité, Damião, Frei Martinho, Nova Floresta, Nova Palmeira, Pedra Lavrada, Picuí, Seridó e Sossego.

Do total dos entrevistados,  53,6% disseram que votarão no candidato do governador Ricardo Coutinho (PSB), na disputa pela sucessão estadual.

Na aferição, a gestão do PSB também é destaque. No quesito ótima e boa a avaliação do governo Ricardo Coutinho ultrapassa os 70%, alcançando 74,1% na avaliação dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada entre os dia 05 e 08 de dezembro de 2017 e entrevistou 1500 pessoas. O intervalo de confiança é estimado em 95%, já a margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Na aferição, a gestão do PSB também é destaque. No quesito ótima e boa a avaliação do governo Ricardo Coutinho ultrapassa os 70%, alcançando 74,1% na avaliação dos entrevistados.

Na pesquisa espontânea, João Azevêdo também sai na dianteira, com 16,2%, seguindo do governador Ricardo Coutinho, com 9,2% e do senador José Maranhão (PMDB), que aparece com 8%.

A aferição estimulada, que é aquela em que os nomes dos pré-candidatos são citados, João Azevêdo figura com 23, 2%, seguido do senador Maranhão, com 20,3%. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) aparece com 9,4%.

Fonte: ClickPB com PB Agora

Já em conta: RC antecipa pagamento do 13º de servidores da Paraíba

Já em conta: RC antecipa pagamento do 13º de servidores da ParaíbaO décimo terceiro salário dos servidores públicos estaduais já está depositado no Bradesco. O anúncio foi feito, agora há pouco, pelo governador Ricardo Coutinho em seu perfil no Twitter. De acordo com o calendário anunciado anteriormente, o pagamento seria efetuado nesta quarta-feira (13), portanto, está sendo pago um dia antes da data prevista.

De 29 de novembro até 28 de dezembro, estão sendo injetados mais de R$ 800 milhões na economia paraibana com o pagamento da folha, incluindo o 14º e o 15º salários da Educação. De acordo com o calendário, no dia 19, será pago o 14º salário da Educação, destinado a funcionários de escolas que alcançaram índices de melhoria na qualidade de ensino, enquanto no dia 22 de dezembro, será pago o 15º salário a professores que tiveram projetos aprovados por uma comissão contratada pela Secretaria de Estado da Educação.

O pagamento da folha de dezembro será efetuado nos dias 27 e 28 de dezembro, quando recebem aposentados e servidores da ativa, respectivamente.

"Servidores Públicos da Paraiba, o 13° salário já está depositado no Bradesco, um dia antes da data anunciada. Adelante", postou no twitter.

Fonte: PB Agora

Tovar recebe Prêmio Referência como o deputado mais atuante na região do Cariri

O deputado estadual licenciado Tovar Correia Lima (PSDB) recebeu o  Prêmio Referência 2017 como o parlamentar mais atuante em defesa dos interesses do Cariri. A entrega ocorreu no último sábado (9), em Monteiro.     

A premiação é promovido pelo Portal de Notícias Cariri em Ação e a escolha é feita através de pesquisa para escolher os melhores entre os indicados pela população como as referências no ano de 2017 no Cariri Paraibano.

Esta foi a 5ª Edição do prêmio que homenageou empresas, profissionais, veículos de imprensa, prefeitos, secretários, vereadores, deputados estaduais e federais, entidades e personalidades da região do Cariri.

“Para nós é uma honra e motivo de muita alegria ter sido escolhido pela população do Cariri como o parlamentar mais atuante. Nosso compromisso é de continuar trabalhando e lutando para defender os interesses dessa região”, disse Tovar.

Fonte: Assessoria

Confira como foi a I Corrida dos Olhos que reuniu cerca de 300 atletas em Santa Luzia

O evento reuniu cerca de 300 atletas desses 150 de Santa Luzia, a  premiação foi sub dividida em categorias por faixa etária, no Podium a alegria em participar estampada no rosto dos atletas em sua maioria das cidades do Rio Grande do Norte e Paraíba.

Na categoria masculina geral 5km o troféu ficou com o atleta Moises de Baraúna- PB, nos 10km categoria geral, o primeiro lugar foi do atleta  Alberto de Jardim do Seridó-RN.

Na categoria Feminina os três primeiros lugares ficaram para a cidade de Baraúna e na categoria 10km a atleta Graça de Jardim do Seridó levou a melhor. Mais uma vez São Mamede foi representada pelo atletas Flavio Junior, Odimar e Lula que chegou em 4º na categoria faixa etária 40/49 já o atleta Antônio Soares ficou na 2ª colocação na categoria especial. Todos os participantes que cruzaram a linha de chegada receberam medalhas.
Fonte: TV Santa Luzia

Aprenda como identificar um medicamento falsificado

Onde você compra os remédios que consome? Escolher farmácias de confiança é uma das maneiras de evitar medicamentos falsificados. De acordo com um estudo da Organização Mundial da Saúde, 10% dos remédios que são vendidos em países em desenvolvimento são falsos. Segundo o órgão, isso é uma ameça que cresce nos últimos anos, pois o comércio farmacêutico é cada vez maior pela internet.

— As pessoas devem exigir da farmácia a nota fiscal e observar a embalagem do produto. A falsificação tem diversos graus, desde a mais rudimentar até a mais sofisticada. Por isso é importante que o consumidor fique atento — alerta Eurico Correia, diretor-médico da Pfizer.

A embalagem sempre deve conter um número de registro no Ministério da Saúde (que pode ser consultado pela internet, clique aqui. neste link <sngpc.anvisa.gov.br/ConsultaMedicamento/index.asp>). Além do nome e registro do farmacêutico responsável pela formulação do produto.

— Considera-se um remédio falso aquele que possui substâncias com concentração maior ou menor do que o recomendado, ou até mesmo sem o princípio ativo do medicamento — explica Thaís Morais Pereira, farmacêutica da Extrafarma.

Prejuízo à saúde e até risco de morte
As consequências do uso de um medicamento falso são variadas, pois tudo vai depender do tipo de alteração que o remédio sofreu.

— Ao comprar o medicamento, o que se espera é resolver o problema. Mas, pode ser que ele não surta efeito algum ou até piore o quadro de saúde da pessoa que está o consumindo — alerta o farmacêutico Adriano Heleno Ribeiro.

A OMS deixou a cargo da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, o estudo dos impactos causados pelo uso de remédios falsos. A instituição calculou que até 72 mil mortes de pneumonia infantil podem ser atribuídas ao consumo de antibióticos cuja concentração das substâncias fundamentais era menor do que o recomendado.

Ao consumir um remédio falso, a orientação é procurar imediatamente o médico que o recomendou, para minimizar os riscos de efeitos colaterais. Além disso, faça uma denúncia à Vigilância Sanitária para que seja feita uma inspeção na farmácia.

Fonte: Extra

Currais Novos vai ganhar, na Clínica CEOM, proposta inovadora de Hospital-Dia

A cidade de Currais Novos deverá ganhar, ainda neste mês de dezembro, um Hospital-Dia onde procedimentos cirúrgicos de pequeno e médio porte serão realizados no local. O moderno espaço está em fase de finalização e será na Clínica CEOM (Centro de Especialidades Odotomedica) que terá seus serviços ampliados.

A Proposta do Hospital-Dia trata-se de uma modalidade de atendimento médico inicialmente pensada para redução de custos das pequenas cirurgias (cirurgias eletivas) com permanência de curta duração e simultâneo benefício na redução de riscos das infecções hospitalares.

Com um trabalho referenciado em toda a região, a Clínica CEOM está no mercado há sete anos e recebe pacientes das cidades do Seridó, Trairi e até da Paraíba. Fundada pelos profissionais da Família Azevedo Batista, Dra. Roseanne Christine (Ginecologista/Obstetra), Dr. Rinaldo Régis Batista (Ultrassografista/Clínica Médica) e a Dra. Maria de Fátima Azevedo Batista (Cirurgiã-dentista/Endodontia), o Centro foi criado com a intenção de concentrar em um único lugar diversas especialidades, facilitando a vida de quem pudesse buscar os serviços.

Com espaço físico próprio, a construção da estrutura do Hospital-Dia na Clínica CEOM segue em ritmo acelerado e será inaugurado no final do mês de dezembro. De acordo com a Dra. Roseanne Christine, será a realização de um sonho da família que beneficiará os currais-novenses e toda região. “Com a impossibilidade dos médicos e profissionais da saúde realizarem procedimentos cirúrgicos locando a estrutura já existente no Hospital Regional em Currais Novos, esta demanda precisou ser absorvida em outras cidades. Desta maneira surgiu a ideia da agregar ao que já existia na Clínica CEOM a estrutura do Hospital-Dia. E é exatamente isso que nas próximas semanas estaremos entregando. Assim, profissionais não sairão mais da cidade e absorveremos a demanda inclusive de outros municípios”.

Paraíba é terceiro estado do país onde mais se mata negros

Um jovem negro tem quase nove vezes mais chances de ser assassinado que um jovem branco na Paraíba. Os dados fazem parte do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, divulgado nesse domingo (10) pela Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal.

O resultado da Paraíba é o terceiro pior do país, atrás apenas de Alagoas (12,7 vezes mais chances de um negro ser assassinado que um branco) e Amapá (11,9 vezes). De acordo com a pesquisa, a taxa de homicídios de um jovem negro na Paraíba, em 2015, foi de 126,3 por 100 mil habitantes, enquanto do jovem branco foi de 14,2.

Além dos jovens, o estudo mostra que a Paraíba também amarga taxas problemáticas no que diz respeito à realidade social das mulheres negras, que no Estado têm 5,6 vezes mais chances de serem assassinadas que as mulheres brancas. Este é o terceiro pior resultado do país.  Em 26 Unidades da Federação a taxa de homicídios é maior entre as mulheres negras do que entre as mulheres brancas.

Fonte: Com Beto Pessoa, do Jornal Correio da Paraíba

Receita publica tabela do IPVA 2018 com redução de imposto

Resultado de imagem para IPVA 2018A Secretaria de Estado da Receita (SER) publicou no Diário Oficial Eletrônico (Doe-SER) o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) referente ao ano de 2018. A redução média do valor tributo sobre a frota total do Estado da Paraíba, com base na pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), será de 2,9%. Veja aqui o calendário completo.

As regras para pagamento do tributo como, por exemplo, desconto 10% na cota única à vista, parcelamento em até três vezes e o calendário ampliado nos 12 meses do ano continuam para o exercício de 2018.

Com frota total de mais de 1,232 milhão de veículos no estado da Paraíba, sendo 75% tributável (900.393), a redução no IPVA 2018 nos diversos segmentos de veículos vai oscilar entre 2,19% e 5,8%. Por segmento, os caminhões terão a maior redução média do tributo (-5,55%), enquanto motos e similares terão as menores quedas (-2,19%). O IPVA sobre os carros de passeio/automóveis terá redução média de 3,45% e camionetes e utilitários com uma queda um pouco maior (3,59%). A redução média considera todos os tipos de veículos tributáveis, como automóveis, motos, utilitários, ônibus e caminhões.  As alíquotas do IPVA de 2017 dos veículos permanecem as mesmas deste ano. Os automóveis, motocicletas, micro-ônibus, caminhonetes têm alíquotas de 2,5% sobre o valor venal dos veículos, enquanto caminhões e ônibus têm alíquota de 1%.

Tabela do IPVA 2018
Como neste ano de 2017, os proprietários de veículos terão um calendário ampliado para realizar o pagamento do tributo. A data limite de vencimento será o último dia útil de cada mês no período de janeiro a outubro para quem optar pelo pagamento da cota única à vista ou então pelo parcelamento. Por exemplo, o proprietário com placa final 1, a data limite de vencimento será o dia 31 de janeiro de 2018, enquanto a placa final 2 será o dia 28 de fevereiro. No mês de março, será a vez do proprietário com placa de veículo final 3, mas deverá realizar o pagamento antecipado no dia 28 de março para evitar pagar juros e multas ou perder o desconto na opção à vista e, assim, sucessivamente, até o mês de outubro, quando encerra a opção do cota única ou parcelado, tendo a data limite de pagamento para o último dia útil do mês.

O contribuinte terá três opções de pagamento do IPVA. Além da cota única à vista com desconto de 10%, as outras duas alternativas são o parcelamento em três vezes do tributo ou pagamento total ao final do terceiro mês.

Emissão dos boletos via Portais
Como neste ano de 2017,os boletos do IPVA/licenciamento não serão mais enviados para os domicílios residenciais. A emissão do boleto de pagamento dos tributos será realizada somente por meio da internet. O boleto estará disponibilizado no portal da Secretaria de Estado da Receita da Paraíba: www.receita.pb.gov.br, mas também do Detran-PB: http://www.detran.pb.gov.br/. O boleto poderá ser impresso, preferencialmente, em uma repartição fiscal (Recebedoria de Renda ou Coletoria) ou então nas unidades do Detran-PB. O pagamento deve ser efetuado, agora, nas agências do banco Bradesco, no serviço de autoatendimento, ou de forma mais prática no mobile banking – aplicativo disponível pelo Bradesco para aparelhos móveis como smartphones.

Isenção de 331 mil
Em 2018, mais de 331 mil veículos ficarão isentos do IPVA no Estado da Paraíba (25% do total). Segundo a Receita Estadual, os veículos com ano de fabricação abaixo de 2003 ficarão isentos de pagamento do IPVA. A legislação em vigor assegura isenção do imposto para proprietários de carros, motos ou qualquer outro veículo com 15 anos completos do ano de fabricação. Contudo, esses veículos não ficarão isentos das demais taxas que envolvem o emplacamento, como seguro obrigatório (Dpvat), licenciamento do Detran e a taxa de bombeiro.

Já os portadores de deficiência física, visual, mental severa ou profunda, ou autista deverão requerer a isenção do IPVA de 2018 até o dia 29 de dezembro em qualquer repartição fiscal do Estado para ter direito ao benefício da isenção no próximo ano.

Fonte: Redação

Profissionais de saúde de Várzea tiveram capacitação do CEREST–Patos sobre saúde do trabalhador

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e área internaO Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Regional de Patos (CEREST-Patos) realizou, na última quarta-feira, (06/12), visita ao município de Várzea, localidade que faz parte da 6 Regional de Saúde. A visita teve como  público alvo profissionais de saúde e teve objetivo explorar temas voltados à saúde e bem estar do trabalhador.  

Na oportunidade, a equipe do CEREST propôs estratégias para promoção da saúde do Trabalhador, momento em que foram traçados objetivos para elaborar um plano de ação em saúde do trabalhador abordando os eixos principais, como vigilância em saúde do trabalhador, Atenção à saúde do trabalhador e Educação permanente em Saúde do trabalhador; os mecanismos para a discussão na Secretaria Municipal de Saúde da relevância da saúde do trabalhador; além de uma capacitação das equipes de saúde da família quanto as notificações no Sistema de Informações de Agravos de Notificações de acidentes de trabalho.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, mesa e área internaDe acordo com a coordenadora do CEREST-Patos, Yara Dayane de Lira, a visita faz parte de um cronograma de ações que irá abranger todos os municípios que fazem parte da área de abrangência na tentativa de capacitar os profissionais da área da saúde de todos os locais e assim melhorar as estatísticas de política de segurança do trabalhador.

Os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST’s), juntamente com as áreas técnicas de Saúde do Trabalhador, funcionam nos âmbitos estaduais e municipais de saúde, e têm o papel de prover retaguarda técnica especializada para o conjunto de ações e serviços da rede SUS.

Fonte: COORDECOM/BLOG JEFTE NEWS

Brasil tem mais de 240 milhões de linhas de celular ativas; aponta Anatel

Foi divulgado um levantamento com o número de linhas de telefone móvel ativas no País. A pesquisa aponta que são 240,8 milhões. Apesar do número expressivo quando comparado com a quantidade de habitantes no Brasil, o estudo apresenta redução no volume de habilitação de aparelhos.   

Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), quando comparado o mês de outubro deste ano com o de setembro de 2017 o serviço móvel pessoal apresentou uma queda de 212 mil linhas (-0,09%). A redução no número de linhas também apresenta queda em uma comparação com os últimos 12 meses: de 6, 6 milhões de linhas ou -2,67%.

Do total de linhas móveis do País, 155 milhões são pré-pagas e 85,7 milhões são pós-pagas. No mês de outubro, quando comparado ao mês anterior, as linhas móveis pré-pagas apresentaram queda de 1.283.676 unidades (0,82%) e as pós-pagas apresentaram crescimento de 1.071.402 (1,26%). Em 12 meses, o pré-pago registrou diminuição de 15 milhões de linhas (8,85%) e o pós-pago aumento em 8, 4 milhões (10,94%).

As linhas 4G apresentaram crescimento de 3,9 milhões de unidades (+ 4,27%), entre setembro e outubro. Nos últimos 12 meses, as linhas 4G aumentaram em 42,7 milhões de unidades, o equivalente a 81,23%.

Estados
No mês de outubro, em relação à setembro de 2017, três estados da Região Norte apresentaram crescimento no número de linhas móveis (Rondônia, Roraima e Amazonas), dois da região Sudeste (Espírito Santo e São Paulo) e os estados da região Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul), todos com crescimento inferior a um por cento. Nos últimos doze meses, o único estado que apresentou crescimento nas linhas móveis foi São Paulo, com aumento de 359,5 mil linhas (0,58%).

Fonte: Portal Federativo

Prefeita de Ouro Branco antecipa 13º salário do funcionalismo municipal

https://4.bp.blogspot.com/-MKMzlQs8ggs/WRDle57e9LI/AAAAAAAB7LU/81W7Zte027wC8XCtOih2xoyjZY64DZYQgCLcB/s640/WhatsApp%2BImage%2B2017-05-05%2Bat%2B08.59.53.jpegO funcionalismo público municipal de Ouro Branco amanheceu com o dinheiro do 13º salário na conta. A prefeita Fátima Silva antecipou o pagamento do 13º salário para todos os servidores efetivos a Prefeitura Municipal.

O respeito ao funcionalismo público e a responsabilidade na administração das finanças públicas têm sido duas marcas registradas da gestão da prefeita.

Os recursos injetados na economia local com o pagamento do 13º são motivos de boas expectativas para os comércios local em uma época de festividades de final de ano.

Fonte: Priorado News

Alerta: Câncer de pele foi responsável por 77 mortes até outubro na Paraíba

Resultado de imagem para Câncer de peleAté outubro deste ano, 77 pessoas já morreram por câncer de pele na Paraíba, segundo dados repassados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número é 16,6% maior que todo ano passado, cenário que tem feito especialistas reforçarem a necessidade do uso do protetor solar.

Apesar do verão só começar oficialmente no próximo dia 21, a intensidade dos raios solares tem atingindo níveis extremos na Paraíba, corroborando o alerta. Segundo previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), João Pessoa tem marcado até 11,6 no Índice Ultravioleta, que mede a intensidades dos raios.

A taxa é considerada extrema, numa escala que vai de 0 a 18. Analisando os hábitos culturais dos brasileiros, o alerta se mostra mais necessário. Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), realizada pelo Datafolha, em dezembro de 2016, mostrou que só 23% dos brasileiros usam protetor solar diariamente, como recomendado pelos dermatologistas.

Considerando que vivemos numa região tropical, onde o sol aparece quase todo o ano, este cenário preocupa especialistas, já que o câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca).

A dermatologista Marcela Vida, da Hapvida Saúde, destaca que o uso dos bloqueadores solares deve ser contínuo, hábito tão comum quanto tomar banho ou escovar os dentes.

“É frequente quando pergunto aos meus pacientes se eles usam protetor solar e eles me respondem que usam quando vão a praia. As pessoas, principalmente da região Nordeste, precisam entender que a radiação solar que recebemos no Brasil é muito intensa, os cuidados precisam ser constantes, diários”.

O câncer de pele é mais frequente em pessoas acima de 40 anos ou de pele muito clara e sensível ao sol, por isso é preciso ter cuidado redobrado e ficar atento a qualquer modificação na pele.

Manchas que coçam e aparecem subitamente, saliência na pele com colorações variáveis, de cor da pele rosada ou marrom, ou ainda uma pequena ferida que não cicatriza e que aumenta gradativamente, são sinais de que algo errado está acontecendo e que um médico precisa investigar. Quanto mais precoce o diagnóstico, mais chances de tratamento e cura.

Bloqueador solar. Como usar corretamente
▶ Proteção intensiva: A cada 2 horas deve-se reaplicar o protetor solar. Não adianta aplicar um protetor de alta proteção e não refazer a aplicação durante todo o dia. Além disso, a proteção física também é de grande ajuda, como uso de chapéus e camisas de manga com fator de proteção

▶ Fator de Proteção Solar: Pessoas de tom de pele mais escuro possuem uma proteção natural devido a maior quantidade de melanina (responsável por filtrar parte da radiação) na pele. Mas como no Brasil somos uma população de mistura de etnias e a avaliação do fototipo do paciente necessita ser feita por um profissional qualificado, a dermatologista orienta que o fator de proteção seja pelo menos 30. Pessoas de tom mais claro devem optar por fatores maiores, como FPS 50.

▶ Quantidade de protetor: Muitas pessoas aplicam o protetor solar numa quantidade inferior a necessária para garantir a proteção. Segundo Marcela Vidal, existe uma regra geral de 9 colheres de chá: 1 para cabeça e pescoço, 1 para cada braço, 2 para o tronco e 2 para cada perna. Outra dica é passar o produto em todo o corpo e repetir novamente o mesmo procedimento para garantir que na segunda passada todas as áreas sejam cobertas. Atenção para não esquecer orelhas e as áreas próximas à roupa.

Fonte: Correio da PB

Paraíba tem 4ª maior população carcerária do NE e déficit de 6 mil vagas

A Paraíba tem a 4ª maior população carcerária do Nordeste. São 11.377 presos no estado, que fica atrás apenas do Ceará (34.566), Pernambuco (34.556) e Bahia (15.294).  E o maior problema com relação ao sistema carcerário paraibano é que há um déficit 6.136 vagas, já que esse total de pessoas presas está distribuído em apenas 5.241 vagas contabilizadas em 65 unidades prisionais.

É o que revela o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), divulgado nesta sexta-feira (8) pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A taxa de aprisionamento na Paraíba é de 284,5.

Desse total de pessoas presas, 4.798 (42,2%) ainda não foram condenadas. Desses, 69% já estão presos há mais de 90 dias. Além disso, 42% estão sentenciados em regime fechado, 10% estão no regime semiaberto, 4% no regime aberto e 1% cumpre medida de segurança.

A maior parte dos presos (30%) estão na faixa etária dos 18 aos 24 anos. Outros 27% têm de 25 a 29 anos de idade, 19% de 30 a 34, 16% de 35 a 45 e não há presos acima dos 70 anos.

Os negros são maioria nas prisões paraibanas e somam 77%.

Fonte: Nice Almeida-Portal Correio
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB