Polícia civil da Paraíba prende em flagrante delito, acusados de matar comerciante de Santa Luzia

A polícia civil da Paraíba trabalhou incansavelmente a fim de elucidar o crime ocorrido no município de Pedra Lavrada que teve como vítima fatal o comerciante João Batista da Silva Melo, natural de Santa Luzia região do Vale do Sabugi sertão paraibano.

Após uma investigação cautelosa, a polícia conseguiu prender em flagrante delito nesta sexta feira 24, Alan Ricely Queiroz Albuquerque 27 anos, que confessou a prática de latrocínio (Roubo seguido de morte) contra o comerciante.

Batista como é mais conhecido, foi brutalmente assassinado e em seguida colocado dentro do porta malas do seu veículo um cross fox, no sítio Barra da Canoa município de Pedra Lavrada região seridó da Paraíba.

Após ser levado até a delegacia de Soledade, Alan foi ouvido e encaminhado a central de polícia na cidade de Campina Grande onde muito em breve, será apresentado a imprensa, e aguardará a audiência de custódia.

Também foram identificados, Silvestre Evangelista Sobrinho 18 anos e dois adolescentes, sendo um de 17, e o outro de 16 anos.

Também foi presa por favorecimento a prostituição, Sandra Vasconcelos Santos da Silva, contra ela consta ainda, favorecimento real e corrupção de menores, por terem sido confeccionados dois BOC´s em desfavor de duas adolescentes, ambas de 15 anos.

A polícia apreendeu com os envolvidos, cerca de 27 mil reais em maços de cigarros, produto pelo qual motivou o latrocínio.

Esteve a frente dos trabalhos de identificação, prisão e apreensão dos suspeitos, o delegado Lamartine Lacerda e todo o corpo investigativo da delegacia de Soledade.

Fonte: RedePBnews/Fotos: Heleno Lima 
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB