Secretário de Cultura do Estado, Lau Siqueira visita Várzea e participa de Fórum Intermunicipal de Cultura

Na última sexta-feira, dia 07 de abril, o secretário de Cultura do Estado da Paraíba, Lau Siqueira, esteve no município de Várzea, no Sertão, onde prestigiou do Fórum Intermunicipal de Cultura do Vale do Sabugi 2017. Na oportunidade, ao lado do secretário municipal de Cultura, Otoniel Medeiros, do diretor de Cultura, Jefte Morais, do secretário adjunto de Assistência Social, Marcos Nóbrega, e do ativista cultural, Nerinho de Souza, Lau visitou quatro comunidades rurais e encerrou sua participação com uma palestra na Câmara Municipal.

A jornada cultural teve início logo às 07hs45min, no Quilombo da Pitombeira. Lá, um grande público se fez presente para escutar as palavras do secretário, que se mostrou otimista em relação a pleitear projetos junto ao Governo do Estado em prol da comunidade. O vice-presidente do Quilombo, Getúlio de Primo, entregou nas mãos de Lau um requerimento solicitando a reforma do antigo grupo escolar do estado, que está em ruínas, para que o mesmo sirva como polo de produção e comercialização de artesanato. 

Em seguida a comitiva se deslocou até a Vila da Quixaba, local que foi bastante habitado em meados das décadas de 50, 60, 70 e 80, devido a descoberta da Mina, mas que hoje encontra-se despovoado. A exemplo de Picotes em São Mamede, a Vila da Quixaba tem toda uma estrutura histórica propícia para ser explorada.

Às 09hs45min o grupo visitou as escrituras rupestres do Pendurão, no Assentamento São Vicente, um dos sítios arqueológicos existentes no município. Lau ficou encantado com o rico acervo do local como também demonstrou preocupação em preserva-lo. "Nós vemos sítios arqueológicos como este que despertam a atenção de pessoas do outro lado do mundo, e as vezes não damos tanta importância. E esse locais históricos ficam a mercê do vandalismo. Hoje nosso patrimônio histórico encontra-se ameaçado, precisamos cuidar do que é nosso", enfatizou. 

O casarão do Loreto foi o ponto seguinte do percurso. De acordo com relatos, o recinto, localizado quase na divisa com o Rio Grande do Norte, possui aproximadamente 300 anos de muita história. A casa é cercada de contos e curiosidades. Nela ainda existe as grades de um antigo porão, que possivelmente era utilizado como morada de escravos. Em suas paredes percebem-se fendas estratégicas para observação. Em frente ao casarão está a Igreja de Nossa Senhora do Loreto, e no altar a imagem da santa, trazida de navio diretamente da Itália, adquirida pelo então proprietário da fazenda.

Próxima parada no Assentamento São Vicente. Na escola da comunidade o secretário foi recebido pelo presidente da associação, o Senhor Damásio Medeiros, artesãos e demais moradores. Lau foi agraciado com alguns produtos da culinária local como manteiga, chouriço e doce de leite. Ele ainda conheceu de perto o artesanato feito com renda e o sabão em barra e líquido produzido na própria comunidade.

De lá todos seguiram para a antiga casa do Serrotes Preto, última parada da programação rural. Em processo de tombamento, a morada pertenceu ao 5º governador da Paraíba, José Peregrino de Araújo. Miriam Rocha, associada da comunidade e responsável pelo projeto de reconhecimento junto ao IFAEP, relatou toda a história da casa e sua importância para o patrimônio cultural da região. Lau escutou atentamente e se comprometeu em apoiar para que seja acelerado o tombamento.

Na Câmara Municipal, autoridades locais deram as boas-vindas à comitiva. A Banda Filarmônica Abel Coelho da Silva, regida pelo maestro Ricardo (Bibi), realizou uma apresentação simbólica e abriu o momento na Casa Legislativa.

O colaborador cultural, Saturno Medeiros, convocou a Mesa que foi composta pelo secretário de Cultura do Estado, Lau Siqueira, pelo vice-prefeito do município, Alexandre Magno, pelo presidente da Câmara, vereador Carlos Antônio, pelo secretário municipal de Cultura, Otoniel Medeiros, pelo diretor de Cultura, Jefte Morais, pelo ativista cultural, Nerinho de Souza, e demais parlamentares presentes (Ednildo Araújo, Wanderley Nóbrega, Charlles Freire e José Zimar). Além desses, secretários municipais, adjuntos e sociedade civil prestigiaram a palestra ministrada pelo gestor estadual.

Em sua fala, Lau agradeceu a calorosa receptividade, contou um pouco da sua experiência como chefe da pasta e se colocou a disposição para contribuir na evolução da cultura varzeense.

"Nasci no Peru, cresci no Rio Grande Sul, há 30 anos moro na Paraíba e sou suspeito a dizer que aqui se tem um diferencial essencial, o calor humano. E eu como secretário de Cultura do Estado não poderia trilhar um caminho diferente, ao invés de ficar enfurnado dentro de uma sala com ar-condicionado preferi ir de encontro à nossa cultura, ao nosso povo, desbravar esse interior que é onde realmente encontramos nossa identidade. Várzea me encheu os olhos, aqui se tem uma riqueza histórica e cultural imensa, e ao lado de Santa Luzia, São Mamede, São José e Junco do Seridó, pode perfeitamente oferecer o seu belo acervo para futuros turistas que vierem para cá. Desenvolvemos diversos projetos quando à frente da Cultura em João Pessoa e continuamos o desempenho no estado, percebo o comprometimento da região em alavancar ações e estou aqui para somar".

O vice-prefeito, Alexandre Magno, repassou a preocupação da Gestão em apoiar o Fórum e também em dar a devida importância à Cultura local. "O nosso povo agradece a visita do senhor secretário, e o que posso garantir, em nome da Gestão, é trabalho e dedicação em prol da Cultura e do Turismo. Precisamos encontrar formas de fomentar essa área em nosso município. Vamos buscar cursos e capacitações para os artesãos, criar trilhas ecológicas, divulgar nossas belezas, provocando assim a vinda de turistas que possam aquecer a economia local", relatou.

O secretário municipal de Cultura, Otoniel Medeiros, deu notoriedade ao objetivo principal do Fórum, que é a criação de uma rota turística no Vale do Sabugi. "Já que estamos falando da criação de uma rota turística na região, Várzea não poderia ficar de fora. Convocamos o Senhor Lau à nossa terra justamente para que ele pudesse conhecer de perto o nosso potencial turístico-cultural. Aqui nós temos talentosos artesãos, um quilombo, sítios arqueológicos, casarões históricos, festas populares, belezas naturais e uma vontade imensa de fazer tudo isso se tornar conhecido mundialmente", disse.

Otoniel ainda convidou o secretário Lau a participar da festa de João Pedro, que em sua 33ª edição será comemorada no primeiro final de semana de julho.

O evento culminou em um almoço oferecido no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

CLIQUE AQUI e confira todas as fotos do Fórum Intermunicipal de Cultura do Vale do Sabugi.
Fonte: Ascom
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB