Mais de 17 mil títulos eleitorais podem ser cancelados por irregularidade na Paraíba

Mais de 3,5 mil eleitores estão irregulares em João Pessoa (Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo)Faltando pouco mais de uma semana para encerrar o prazo, mais de 17 mil eleitores paraibanos que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições ou não pagaram as multas correspondentes, ainda não regularizaram a situação perante a Justiça Eleitoral. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prazo para regularização é até o dia 2 de maio e após esta data, os eleitores irregulares podem ter o título cancelado.

De acordo com último levantamento feito pelo TSE, na última terça-feira (18), 17.113 paraibanos ainda não haviam regularizado a situação, sendo 3.550 em João Pessoa e 1.121 em Campina Grande, os dois maiores colégios eleitorais do estado. Segundo o órgão, a legislação considera cada turno de votação um pleito em separado para efeito de cancelamento. O cancelamento automático acontece entre 17 e 19 de maio.

Documentação
Para fazer a regularização, o eleitor deve apresentar no cartório eleitoral:
Documento oficial com foto;
Comprovante de residência
Título de eleitor, se possuir;
Comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

Exceções
De acordo com o parágrafo 6º do Provimento do TSE, estão excluídos do cancelamento os eleitores que não estão obrigados ao exercício do voto. No caso, os analfabetos, os eleitores de 16 a 18 anos incompletos, as pessoas maiores de 70 anos e os eleitores com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral.

Consulta
A consulta sobre a situação perante a Justiça Eleitoral pode ser feita pelo cidadão nos sites do TSE e do Tribunal Regional da Paraíba. Para consultar, é necessário que o eleitor informe o nome completo e a data de nascimento. A consulta também pode ser feita no cartório eleitoral.

Fonte: G1PB
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB