Candidatos ao governo da Paraíba terminam eleições com dívidas milionárias

Resultado de imagem para dinheiroTrês dos cinco candidatos que disputaram o governo da Paraíba nas eleições deste ano terminaram a campanha com dívidas sem serem pagas. Pelo menos foi o que identificou levantamento feito pelo Portal Correio, com base nas informações contidas no sistema Divulga Cand e repassadas pelos postulantes à Justiça eleitoral.

De acordo com o levantamento, apenas Tárcio Teixeira (PSOL) e Rama Dantas (PSTU) terminaram a campanha pagando todas as despesas contratadas. Já o governador eleito, João Azevêdo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV) e José Maranhão (MDB), não conseguiram saldar todas as dívidas da campanha.

Maranhão foi o que mais gastou
O levantamento apontou que o candidato José Maranhão foi o que mais gastou na última campanha. O emedebista declarou despesas de quase R$ 5,3 milhões, mas só pagou R$ 4.138.373,82. A dívida ‘em aberto’ é de R$ 1.152.361,82.

Durante as eleições, Maranhão arrecadou R$ 4.230.520,00 e teve como maior doador o diretório nacional do MDB, que destinou R$ 2 milhões para a campanha na Paraíba. O emedebista terminou a disputa em 3º lugar, com 335.604 votos.

Azevêdo deixa saldo em aberto de R$ 534 mil
O governador eleito, João Azevêdo, também terminou a campanha eleitoral com dívidas a pagar. Segundo o levantamento, dos R$ 4.380.554,36 de despesas contratadas, o socialista só pagou R$ 3.846.249,40, o que resulta em um débito de pouco mais de R$ 534 mil.

O maior doador da campanha de João Azevêdo foi o diretório nacional do PSB, com R$ 2,8 milhões. Ele venceu a disputa pelo comando do Palácio da Redenção no 1º turno, com 1.119.758 de votos.

Lucélio possui maior dívida
Já Lucélio Cartaxo, 2º lugar nas eleições para governador, foi o que terminou a campanha com o maior volume de dívidas. Conforme o levantamento, o candidato só pagou R$ 1.322.910,14 do total de R$ 2.550.139,58 de despesas contratadas. A dívida de Lucélio ultrapassou R$ 1,2 milhão.

O maior doador da campanha de Lucélio Cartaxo foi a direção nacional do PV, que repassou quase R$ 500 mil como doação.

Gastos limitados a R$ 5,6 milhões
A legislação eleitoral estabeleceu R$ 5,6 milhões como limite máximo de despesas para candidatos ao governo da Paraíba em 2018.

Fonte: Alexandre Freire-Portal Correio
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB