Efraim passa ‘pito’ em Anísio Maia por impor condições para apoiar o PSB em 2018

O ex-senador Efraim Morais, presidente estadual do DEM, passou um ‘pito’ no deputado Anísio Maia (PT) que condicionou a aliança do partido com o PSB no pleito do ano que vem. De acordo com o petista, o PSB terá que se afastar das legendas que apoiaram o impeachment da presidente Dilma para receber a ‘benção’ do PT nas eleições de 2018.

“Essa questão deveria ser discutida internamente com o amplo leque de partido que levaram a vitória de Ricardo Coutinho em 2014”, declarou Efraim Morais ao lembrar que no processo eleitoral daquele ano, Anísio Maia não questionou em nenhum momento a adesão do DEM ao PSB. “Não ouvi nenhuma reclamação do deputado”.

O presidente do DEM considera cedo, apesar de faltar menos de 18 meses para a realização do pleito, se discutir nomes para a sucessão do governador Ricardo Coutinho, e defendeu uma ampla consulta para se chegar a nomes. “Essa aliança é ampla, tem que ser discutida entre esses partidos e eu tenho convicção de que na hora certa, no próximo ano nós teremos o melhor nome para disputar a sucessão”.

Efraim Morais disse ainda que o DEM não tem intenção de reivindicar nenhum cargo na chapa majoritária nas eleições do ano que vem. “Não é obrigado você estar compondo chapa. O importante é você estar pensando no melhor para a Paraíba. E é isso que o DEM faz”, declarou.

O presidente da DEM garante que no ano que vem o partido deve receber muitas filiações no ano que vem. “Eles estão esperando pela ‘janela’ para mudar de partido para não ficar inelegível”, disse Efraim ao minimizar possíveis perdas do DEM em 2018: “Prefiro que amigos saiam vitoriosas em outros partidos do que derrotados no DEM”.

Fonte: ClickPB
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB