Anvisa suspende lotes de seis medicamentos que tratam infecções e leucemia

Imagem IlustrativaA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, entre a sexta-feira (19) e está segunda-feira (22), a distribuição, comercialização e uso dos lotes dos medicamentos Colírio Neo Brasil, Gastrol TC (tratamento de azia), Bisuisan pó oral e granulado simples (tratamento de gastrite), Norfloxacino (tratamento de infecção urinária, febre tifóide e gastrointerites) e o Trisenox (tratamento de leucemia), além do medicamento clandestino Cáscara Sagrada EC.

Colírio Neo Brasil e Gastrol TC
Ambos medicamentos fabricados pela empresa Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S/A., a Anvisa suspendeu lotes após detectar desvio em inspeção investigativa para fins de verificação de boas práticas relacionadas à integridade de dados gerados no laboratório de controle de qualidade. 

Veja os lotes abaixo:

Colírio Neo Brasil, lotes: B16M2081; B16M0741; B16M0743; B16M0742; B17C0336; B17C0335; B17A0498; B17C0337; B17A0499; B17C1454; B17A0500; B17C1455; B17A0501; B17C1456; B17A0502; B17C1457; B17B1359; B17C1458; B17B1360; B17C1459; B17B1361; B17C1460; B17B1362; B17C1461; B17B1363; B17D0894; B17B1364; B17D0895; B17B1365; B17B1370; B17B1366; B17B1371; B17B1367; B17C0332; B17B1368; B17C0333; B17B1369; e B17C0334.

Gastrol TC, lotes: B16A1072; B16D0965; B17B2351; B17B2352; B17B2353; B17B2350; B17B2349; B17A0656; e B16D1406.

Bisuisan
Segundo a Anvisa, o Bisuisan pó oral teve os lotes B17A0566; B17B0004; B17C1075; e B16L0494, e o Bisuisan granulado simples teve o lote B16K1190, fabricados pela Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S/A., suspensos também por desvio em inspeção investigativa para fins de verificação de boas práticas relacionadas à integridade de dados gerados no laboratório de controle de qualidade.

Norfloxacino 400 miligramas (mg) 
Indicado para infecções urinárias, febre tifóide e gastroenterites, o medicamento, fabricado pela empresa Cimed Indústria de Medicamentos Ltda, teve o lote 1615200, com validade até 10/2018, interditado porque apresentou resultado insatisfatório no teste de dissolução.

Como medida preventiva, o lote do medicamento não pode ser utilizado nem comercializado.

Trisenox
Já com relação ao Trisenox 1mg/ml, fabricado pela empresa Zodiac Produtos Farmacêuticos S/A., indicado para o tratamento de leucemia promielocítica aguda, teve os lotes PP40286-1 e o PP40286-1ª suspensos definitivamente pela Anvisa.

De acordo com a agência, a própria empresa percebeu uma contaminação microbiológica no produto e comunicou o recolhimento voluntário para a Anvisa.

Cáscara Sagrada EC
Já com relação ao Cáscara Sagrada EC, fabricado pela empresa As Ervas Curam, a Anvisa verificou que o medicamento não possui registro no órgão, o que põe em xeque a eficácia e a procedência do medicamento. 

Além disso, o Cáscara Sagrada era comercializado em um site que não tem autorização da Anvisa para fazer propagandas de medicamentos.

Fonte: Redação
Compartilhe este artigo :
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB